Home » Camara Municipal, Notícias » Barras vira notícia vergonhosa nas páginas principais do Piauí

Barras vira notícia vergonhosa nas páginas principais do Piauí

Barras vira manchete negativa nas redes sociais do Piauí, com números assustadores de coronavírus e vários óbitos o município mergulha em crise de saúde e moral na contra mão das prioridades e vereadores aprovam aumento dos próprios salários incluindo do prefeito, vice, secretários e vereadores, colocando no bolso deles a conta para os barrenses pagarem nos próximos anos. Entre os 13 vereadores apenas 02 vereadores votam contra: Vinício Marques e Vicente Neto. A reação nas redes sociais é o assunto mais comentado em Barras e no Piauí.

A Câmara Municipal de Barras aprovou na tarde de segunda-feira (10) projeto de lei 04/2020 que garante 13° salário ao prefeito, secretários e aos próprios vereadores além de um aumento no salário de 17,3%. Em Barras, nenhum dos representantes recebia o benefício. O projeto foi aprovado por 11 votos a favor e dois contra, votaram contra os vereadores Vinício Marques (MDB) e Vicente Neto (PSD). Por onze votos a dois Câmara de Barras aprova 13º e aumento dos salários do prefeito, vice-prefeito, secretários e vereadores.

O projeto de lei de autoria de parte da mesa diretora da Câmara regulamenta a mudança para entrar em vigor no exercício de 2021/2024. Com o aumento de 17,3% os salários do prefeito e vice-prefeito passarão a ter o valor de $19.354 e $14.515, respectivamente, já para os vereadores o salário passa a ser de R$ 8.500, podendo chegar a $10 mil reais e o presidente da Câmara o valor será de $12.660,40. Os demais secretários municipais o valor passará a ser de R$ 5.865, complementa o projeto. Diante desta realidade as redes sociais turbinaram com criticas negativas os políticos com mandatos na Câmara municipal de Barras.


Sobrinho Sobrinho

Deixe um comentário