Home » Piauí » Racionamento de água continua e Ministério Público aciona Agespisa na Justiça em Barras

Racionamento de água continua e Ministério Público aciona Agespisa na Justiça em Barras

Diante dos problemas que atingem milhares  família com a qualidade e fornecimento da água em Barras PI O Ministério Público do Piauí, por meio do promotor de Justiça Glécio Setúbal, da 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Barras, uma comissão das famílias afetadas com a falta de água da Vila Exu ligadas ao bairro São Cristóvão e outras famílias de vilas urbana do município de Barras, foram recebidas em audiência pelo Exmo. Promotor de Justiça de Barras instaurou Ação Civil Pública, com pedido de tutela de urgência, contra a Agespisa pela má prestação dos serviços de abastecimento e qualidade da água no município. O Ministério Público de Justiça abriu Inquérito Civil Publico de Nº 09/2017 cujo objetivo é a apuração das causas e responsabilidades sobre a falta de fornecimento e qualidade da água em Barras, contra Agespisa, Prefeitura Municipal, DUVAS-Diretoria de Unidade de vigilância e Atenção a Saúde O descumprimento da medida pela Agespisa gera uma multa diária de R$ 10 mil.

o Ministério Público solicitou providências urgentes quanto à garantia do abastecimento regular e contínuo de água na cidade; melhorias na estrutura da Estação de Tratamento; análise técnica da qualidade da água, aquisição de um gerador de energia; limpeza imediata dos filtros da Estação de Tratamento. Uma Comissão esteve presentes os vereadores Jovelina Furtado e Antônio Leite, que acompan Racionamento de água continua e Ministério Público  aciona Agespisa na Justiça m Barrasaram as famílias na audiência realizada na sede da promotoria onde relataram a crise hídrica em vivem mais de 30 famílias na vila EXU e também a falta de água potável que não está sendo fornecida pela AGESPISA, durante a audiência também se fez presente o representante da Agespisa. Raimundo, que falou da crise em que passa a entidade para conseguir distribuir água em Barras. Observe que o litro ao centro na mesa da reunião não é suco, mas uma mostra da água que as famílias estão consumindo na Vila Exu em Barras.


Sobrinho Sobrinho

Deixe um comentário